Tamanho do texto

Mesmo com voto de confiança dado ao primeiro-ministro grego, maior parte dos indicadores registrava queda

Mesmo com o primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, ganhando o voto de confiança do Parlamento grego, a maior parte dos indicadores das bolsas europeias opera no vermelho nesta quarta-feira, enquanto os investidores aguardam o resultado da reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos).

O presidente da instituição, Ben Bernanke, deverá se pronunciar na tarde de hoje, podendo indicar os próximos passos do governo americano para impulsionar a economia do país. Há pouco, o FTSE-100, da bolsa de Londres, recuava 0,08%, para 5.770,50 pontos, puxado pelo setor bancário. Os papéis do Barclays caíam 2,29%, acompanhadas pelas do HSBC (-0,79%) e do Royal Bank of Scotland (-0,72%).

Em Paris, a desvalorização de 0,10% do índice CAC-40, que marcava 3.872,50 pontos, refletia principalmente a queda de 1,24% nas ações do Carrefour. Já em Milão, o FTSE-MIB baixava 0,18%, para 20.067,00 pontos, apesar do avanço das ações do setor bancário.

Os papéis do Intesa Sanpaolo subiam 1,08%. Na bolsa de Frankfurt, o índice DAX avançava 0,07%, para 7.290,80 pontos, enquanto em Madri, o Ibex-35 ganhava 0,10%, aos 10.242,50 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.