Tamanho do texto

Após operação de capitalização da empresa, no final do mês, a tendência é de "volta" do real, prevê ministro

selo

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o real brasileiro manteve-se relativamente estável em relação ao dólar desde o ano passado e que não vê necessidade de uma grande intervenção do governo no mercado de câmbio. Ele observou que o real brasileiro tem se apreciado nas últimas semanas e meses, antecipando-se à oferta de ações da Petrobras, mas que após a realização da operação de capitalização da empresa, no final do mês, a tendência é de volta do real.

"O atual déficit em conta corrente terá impacto na taxa de câmbio durante o restante do ano", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.