Tamanho do texto

Banco anunciou que conversa com a chilena Celfin para fechar uma fusão

André Esteves quer criar o maior banco de investimentos da América Latina
AE
André Esteves quer criar o maior banco de investimentos da América Latina
O BTG Pactual anunciou negociações exclusivas uma fusão com a chilena Celfin Capital, em meio aos planos da companhia comandada por André Esteves de se tornar o maior banco de investimentos do mundo entre países emergentes.

"Se concluída, a fusão criaria o maior banco de investimentos da América Latina, com uma posição de liderança em muitos dos mercados mais importantes da América Latina", segundo trecho do comunicado enviado pelo BTG, mas que não detalhou se o banco compraria uma participação na Celfin ou vice-versa.

O comunicado chega cinco dias depois de o BTG Pactual ter solicitado registro de companhia aberta na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), medida que abre caminho para a companhia se listar em bolsa de valores.

Com cerca de US$ 65 bilhões (R$ 104 bilhões) em ativos sob administração, o BTG se apresenta como o principal banco de investimentos brasileiro, com operações também na área de gestão de recursos.

Em dezembro de 2010, o BTG vendeu 18,65% de seu capital para um consórcio internacional formado por fundos soberanos de Cingapura e de Abu Dhabi, o fundo de pensão canadense Ontario Teachers (OTPP) e a J.C. Flowers, empresa de investimentos no setor financeiro, por 1,8 bilhão de dólares.

Criada em 1988 com sede em Santiago, a Celfin opera também no Peru e na Colômbia.

Veja também:

Silvio Santos vende Panamericano para BTG Pactual

BTG Pactual faz nova aquisição e negocia com fundo de Cingapura

Forbes acrescenta 12 novos brasileiros à lista dos bilionários

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.