Tamanho do texto

Banco quer lançar units que serão convertidas em ações ordinárias e preferenciais na Bovespa

O banco BTG Pactual, de André Esteves, entrou nesta quinta-feira com pedido junto à Comissão de Valores Mobiliários para realizar oferta pública de distribuição de units em Bolsa, com esforço de colocação no exterior. O banco também emitirá certificados de depósito (BDR) em dois programas de nível III.

Veja : BTG Pactual confirma IPO à CVM

O BTG quer realizar ofertas primárias e secundárias, para emitir units que representarão ações ordinárias e preferenciais e serão negociadas na Bovespa. O Bradesco será a instituição financeira escrituradora e depositária desses papéis. O banco quer negociar simultaneamente Global Depositary Units (Euronext) na Euronext Amsterdam.

Para o economista-chefe da Prosper Corretora, Eduardo Velho, a escolha de lançar papéis no exterior condiz com estratégia de internacionalização do banco, evidenciada pela aquisição da corretora e gestora chilena Celfin , concluída mês passado. "É uma forma de o Pactual financiar essa internacionalização sem precisar utilizar capital próprio e sem o dinheiro precisar entrar no país e pagar IOF (imposto sobre operações financeiras), por exemplo", afirma.

Leia : BTG Pactual pode captar R$ 1 bilhão com IPO

O The Bank of New York Mellon será a instituição financeira escrituradora e depositária dos GDRs na plataforma. Inicialmente, o banco planejava realizar o IPO em 2010, mas adiou devido às condições ruins no mercado.

Desta vez, o BTG colocará 10% de seu capital para o varejo. Na opinião do economista da Prosper, isso indica quer diluir a participação, mas mantendo o controle entre os sócios do banco. O momento escolhido para o IPO é um pouco perigoso, segundo Velho, mas o especialista acredita que o banco conseguirá captar os recursos que deseja. "Algumas empresas estão recuando (caso de CVC e Brasil Travel, que desistiram de lançar ações), mas pode ser por não terem tanto acesso e reconhecimento. Já o Pactual cresceu 70% no ano passado, e tem demanda alta dos investidores", afirma.

O BTG informa ainda que publicará aviso ao mercado com mais informações sobre a oferta global, como  locais para obtenção do prospecto preliminar da oferta, datas estimadas e locais de divulgação. Além disso, vai explicar ainad as condições, o procedimento, o período de reserva e o período para coleta de intenções de investimento.

(com agências)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.