Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Conselho de Administração da incorporadora Brookfield aprovou a implementação de um programa de ADRs (recibos de ações negociados nos Estados Unidos) Nível 1, lastreados em ações ordinárias de emissão da companhia

SÃO PAULO - O Conselho de Administração da incorporadora Brookfield aprovou a implementação de um programa de ADRs (recibos de ações negociados nos Estados Unidos) Nível 1, lastreados em ações ordinárias de emissão da companhia. O Citibank será a instituição depositária dos papéis. Cada ADR representará duas ações ordinárias da companhia. A Brookfield vai agora requerer autorização e registro do programa de ADRs na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e na Securities and Exchange Comission ( SEC), entidade responsável pela regulação do mercado de capitais nos Estados Unidos. Vale lembrar que a implementação do programa de ADRs não representa um aumento de capital da empresa, pois não serão emitidas novas ações. (Ana Luísa Westphalen | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.