Tamanho do texto

Empresa desenvolve um plano de expansão para, em cinco anos, conseguir moer 30 milhões de toneladas de cana-de-açúcar

A BP Biocombustíveis, empresa sucroalcooleira da petroleira britânica BP, aprovou em assembleia geral extraordinária realizada no dia 25 o aumento do capital social da companhia em R$ 52,5 milhões. Serão emitidas 215.933.862 novas ações ordinárias, ao preço de R$ 0,24313 por ação. A informação foi publicada hoje no Diário Oficial de São Paulo.

Com isso, a empresa conclui o aumento de capital no valor total de R$ 116,652 milhões. Em 29 de dezembro, também foi aprovada em assembleia a primeira operação de aumento de capital no valor de R$ 64,152 milhões, com a emissão de 263.858.840 ações ordinárias ao mesmo valor por ação (R$ 0,24313). A BP está no Brasil em biocombustíveis desde 2008, mas a maior parte de seus investimentos foi feito em 2011.

Leia : Bolívia nacionaliza fatia de subsidiária da British Petroleum

Em março, a empresa desembolsou US$ 680 milhões para comprar 83% da Companhia Nacional de Açúcar e Álcool (CNAA), que conta com duas usinas em operação (em Goiás e Minas Gerais) e um projeto ainda em construção. No mesmo ano, investiu mais R$ 118 milhões (e assunção de dívidas) para assumir o controle total da usina Tropical, de Goiás, da qual detinha apenas 50%.

A empresa desenvolve um plano de expansão para, em cinco anos, sair da moagem atual de 7,5 milhões de toneladas de cana em suas usinas no Brasil para 30 milhões de toneladas, o que inclui a construção de novas unidades.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas