Tamanho do texto

Desempenho positivo do mercado externo e dos papéis de maior peso Ibovespa dão força ao Ibovespa nesta quarta

selo

Depois de recuar da marca dos 71 mil pontos para os 69 mil pontos na sessão de ontem, registrando a maior queda porcentual desde junho, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) mostra recuperação. Pouco antes das 15h, o Ibovespa subia 1,01%, aos 70.570 pontos, com total negociado de R$ 3,209 bilhões.

O desempenho positivo do mercado externo e dos papéis de maior peso sobre o Ibovespa - principal índice da Bolsa - continua dando força para a Bovespa recuperar uma parte das perdas de ontem, ainda que os papéis das siderúrgicas pesem sobre os negócios. 

As empresas cujas ações têm maior peso no índice - Petrobras e Vale - sobem nesta quarta. Por volta de 15h20, os papéis preferenciais da petrolífera tinham alta de 0,43%, para R$ 25,39, e os preferenciais da mineradora subiam 1,81%, para R$ 48,95.

Nos Estados Unidos, no mesmo horário, o índice Dow Jones subia 1,47%, enquanto o Nasdaq ganhava 1,17% e o S&P 500 tinha valorização de 1,36%.

No mercado cambial, o dólar tinha queda de 0,61% por volta de 15h e estava cotado a R$ 1,672 na venda. No fechamento de terça-feira, a moeda teve alta de 1,26% , a R$ 1,687.

Apesar dos mercados ainda estarem abalados pelo inesperado aperto nos juros chineses , as atenções recaem para a safra de balanços nos EUA e para a avaliação do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) sobre as condições econômicas. Analistas aguardam no Livro Bege, que será divulgado às 16 horas, detalhes capazes de reforçar as apostas de um afrouxamento monetário adicional nos EUA.

Os agentes também acompanham a temporada de balanços, que trouxe hoje os números trimestrais dos bancos Morgan Stanley e Wells Fargo, além das companhias aéreas American Airlines e Boeing .

No Brasil, a Natura divulga hoje, após o fechamento da Bolsa. Com o foco também voltado para a corrida presidencial, o Ibope e a CNT/Sensus adiaram para amanhã a divulgação de suas mais recente pesquisas de intenções de votos para os candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PDB). Os levantamentos seriam anunciados hoje.

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.