Tamanho do texto

Mercado brasileiro não seguiu caminho do norte-americano e encerrou semana em alta; no ano, ibovespa acumula alta de 19,42%

Diferente da tendência negativa dos mercados estrangeiros, o índice da Bolsa de São Paulio (Ibovespa) encerrou esta sexta-feira em alta de 1,45%, aos 67,781 pontos maior nível desde 11 de abril do ano passado. No ano, a Bovespa acumulou alta de 19,42%. O giro financeiro foi de aproximadamente US$ 6,85 bilhões. Na semana, índice fechou em alta de 2,79%.

Leia também:
Melhor aplicação de fevereiro, bolsa quase zera perdas de 2011

Dólar reage a medidas do governo na semana e sobe 1,23%

Somente em dois dias de março o Ibovespa já acumula ganho de 2,99%. O movimento é atribuído, em parte, à farta liquidez internacional após a operação de empréstimo do Banco Central Europeu (BCE) , realizada na quarta-feira. A ausência de notícias negativas no âmbito internacional também favoreceu a alta desta sexta-feira.

 "Como há muita liquidez, os grandes investidores estão indo atrás de risco e a bolsa brasileira é uma opção atrativa", avalia o agente autônomo da Diferencial Corretora Francisco Bertani.

Leia também: Bolsas europeias fecham em direções opostas após reunião de líderes

Além disso, o aumento das expectativas de que a Selic seja reduzida em 0,75 ponto porcentual na reunião do Copom da próxima semana também anima os investidores de renda variável. "Queda de juro é sempre bom para a Bolsa. A expectativa de que o corte seja maior é ainda mais positivo", destacou o analista da Stock Asset José Goés. De ontem para cá vem crescendo as apostas de que a taxa básica de juro caia para 9,75% ao ano. Até quarta-feira, o mercado de juros trabalhava apenas com a possibilidade de queda de 0,50 ponto porcentual.

As maiores altas foram a da Rossi Residencial (6,78%); Klabin (6,4%) e Hypermarcas 4,48%).As ações mais negociadas também fecharam o dia em alta. O papel preferencial da Petrobras subiu 1,69% e os preferenciais da Vale acelerou 0,81%

Leia também: Movimentação financeira na Bovespa foi recorde em fevereiro

No lado negativo do Ibovespa estavam B2W ON (-5,60%) e Lojas Americanas ON (-4,43%). As duas empresas divulgaram balanço ontem, após o fechamento do mercado. A B2W encerrou o quarto trimestre de 2011 com prejuízo de R$ 28,8 milhões, o dobro do registrado em igual período do ano anterior. Já a Lojas Americanas registrou lucro consolidado de R$ 180,2 milhões, um aumento de 13,5% ante o mesmo período de 2010.

Recorde

A Bovespa registrou, no pregão de hoje, recorde histórico de número de negócios com contratos futuros de DI. Foram realizados 11.270 negócios, superando a marca de 10.943, alcançada em 30/01/2012.

(com AE)

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.