Tamanho do texto

Investidores se dividem entre expectativa de sinalização de novas medidas pelo BC americano e atividade industrial chinesa

Os investidores nas bolsas da Europa dividem-se entre as expectativas de sinalização do banco central dos Estados Unidos para incentivar a economia e o desempenho da atividade industrial na China e na Alemanha.

O presidente do Federal Reserve (Fed), Ben Bernanke, só fala na sexta-feira em encontro anual de autoridades monetárias internacionais em Janckson Hole, em Wyoming. Os agentes esperam que ele sinalize em seu discurso nova ação do banco central dos EUA para impulsionar a economia.

Do quadro geopolítico, a Líbia segue no foco. Pelo segundo dia, conforme a rede de notícias Al Jazeera, foram registrados duros combates em determinadas áreas de Trípoli, sendo que os opositores concentram seus esforços contra o complexo do ditador líbio Muamar Gadafi.

Em Londres, o FTSE 100 subia 0,85%, para 5.138,51 pontos. O CAC 40, de Paris, registrava elevação de 1,41%, somando 3.094,32 pontos. Em Frankfurt, o DAX aumentava 0,98%, aos 5.527,54 pontos. O Ibex 35, de Madri, se situava em 8.348,60 pontos, acréscimo de 0,66%. Em Milão, o FTSE MIB tinha alta de apenas 0,05%, aos 14.869,57 pontos.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.