Tamanho do texto

Temores sobre possível rebaixamento da nota de crédito dos Estados Unidos afetam desempenho dos mercados acionários

As bolsas europeias seguem em queda nesta quarta-feira, em meio à preocupação com um possível rebaixamento da nota de crédito dos Estados Unidos. Os principais índices da região seguem nas menores cotações dos últimos 11 meses.

Há pouco, o índice FTSE 100, da bolsa de Londres, registrava baixa de 1,23%, aos 5.648 pontos. Na Alemanha, o índice DAX 30 tinha queda de 0,91%, aos 6.735 pontos. Em Paris, o índice CAC 40 recuava -0,55%, para os 3.503 pontos.

Em sentido oposto, o índice Ibex 35, da bolsa de Madrid, registrava ganhos de 0,86%, aos 9.193 pontos.

No mercado asiático , as bolsas fecharam em queda. Em Tóquio, o índice Nikkei 225 recuou 2,1%, a maior baixa desde 15 de março, quando o mercado sofria com os efeitos do terremoto e tsunami que atingiram o Japão.

( Com agências )