Tamanho do texto

Banco JP Morgan prevê avanço de apenas 1% na economia americana

SÃO PAULO – Os índices das principais bolsas europeias voltaram a apontar para baixo nesta sexta-feira, com os investidores preocupados com o ritmo de crescimento da economia após novas projeções divulgadas pelo JP Morgan.

A economia americana deve crescer menos do que o previsto nos próximos dois trimestres, ante o recuo da confiança do consumidor e a falta de ímpeto no mercado imobiliário, afirmou o JP Morgan. O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos vai crescer 1% no quarto trimestre deste ano, em vez dos 2,5% previstos anteriormente. No primeiro trimestre de 2012, a economia deve expandir-se 0,5%, e não 1,5%.

O mercado também soube hoje que o Índice de Preços ao Produtor (PPI, na sigla em inglês) da Alemanha apresentou alta de 0,7% em julho na comparação com junho e de 5,8% frente a julho do ano passado. Os porcentuais superaram as previsões de analistas, de altas de 0,1% na comparação mensal e 5,6% na anual.

Em Londres, o índice FTSE 100 caiu 1,01%, para 5.041 pontos; em Paris, o CAC 40 perdeu 1,92%, para 3.017 pontos; e em Frankfurt, o DAX recuou 2,19%, para 5.480 pontos.

Mais uma vez, os bancos lideraram as perdas. Deutsche Bank caiu 5,2%, RBS perdeu 4,4%, Lloyds fechou em baixa de 4,8% e Unicredit declinou 5,8%.

Um dos poucos destaques positivos do dia foi a britânica Autonomy, cujas ações dispararam 76% depois que a empresa de software aceitou a proposta de compra de US$ 10,3 bilhões feita pela HP.

(Téo Takar | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.