Tamanho do texto

Operação não teria recebido apoio suficiente dos acionistas para ser concluída, segundo comunicado das empresas

selo

As operadoras da Bolsa de Londres (LSE) e da Bolsa de Toronto - respectivamente London Stock Exchange Group PLC e TMX Group Inc - abandonaram seu projeto de fusão transatlântica , afirmando, em comunicado, que não receberam apoio suficiente dos acionistas para concluir a transação.

De acordo com a TMX, a união entre a LSE e a TMX recebeu uma maioria dos votos dos acionistas, mas não os dois terços exigidos. A fusão criaria uma das maiores plataformas do mundo para negociação de ações dos setores de mineração e energia.

A proposta entre a LSE e a TMX foi apresentada em fevereiro como uma fusão de iguais, sem prêmio. Em maio, um consórcio de 13 grandes firmas financeiras do Canadá que se denomina Maple Group Acquisition Corp fez uma oferta hostil de 3,8 bilhões de dólares canadenses, envolvendo dinheiro e o pagamento de 48 dólares canadenses por ação da TMX - então um grande prêmio. Mas este prêmio diminuiu quando os preços das ações da LSE subiram. Nas últimas semanas, os valores atribuídos às ações da TMX pelos dois interessados não diferiam muito um do outro.

Embora os executivos da TMX tenham, até agora, rejeitado a aproximação do Maple Group, a oferta pode parecer mais atraente. Reguladores e políticos canadenses preferem manter o controle do país sobre seu principal mercado de ações e derivativos.

A LSE, por sua vez, se torna disponível para alguma outra transação e parece vulnerável a se tornar um alvo de aquisição. As ações do Nasdaq OMX Group INC subiram com a notícia do fracasso da ligação entre TMX e LSE, enquanto os investidores especulavam sobre a possibilidade de o executivo-chefe Bob Greifeld retomar sua oferta de 2006 pela LSE.

No mês passado, um plano da IntercontinentalExchange Inc e do Nasdaq OMX Group para adquirir a NYSE Euronext foi rejeitado pelas autoridades antitruste dos EUA, sob a alegação de que uma fusão da Bolsa de Nova York com a Nasdaq criaria um monopólio na listagem e serviços de ações no país. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.