Tamanho do texto

Bolsa de Paris chegou a cair mais de 4% durante o pregão nesta sexta-feira. No mercado asiático, bolsas voltaram a fechar em queda

As principais bolsas europeias abriram o pregão nesta sexta-feira em queda, influenciada pela referência negativa dos mercados asiáticos e de Wall Street . Na França, a Bolsa de Paris abriu com leve recuo de 0,35%, mas por volta das 9h40, pelo horário de Brasília, o principal indicador, o CAC-40, operava com perdas de 1,62% após chegar a operar em queda de mais de 4%.

"Mais um dia de nervosismo à vista," diz José Francisco Lima Gonçalves, do Banco Fator, em relatório desta sexta-feira. As dívidas dos países europeus e o temor de recessão continuam em análise, afirma o economista.

Na Alemanha e na Espanha, os mercados financeiros também iniciaram suas operações em queda, com perdas de 1,45% na Bolsa de Frankfurt e 1,49% na Bolsa de Madri. Ampliaram as perdas ainda no início da manhã, mas por volta das 9h40, o DAX-30 operava em queda de 2,58% e o Ibex-35 registrava um recuo de 2,16%.

O mesmo cenário pode ser observado nas Bolsas de Londres e Milão. Embora tenham começado o dia com leve queda, com números inferiores a 1%, aumentaram as baixas nas horas seguintes de operação, mas perto de 9h40 tinham recuo de 1,43% e 2,17%, respectivamente.

Mercados asiáticos

As bolsas asiáticas desabaram nesta sexta-feira, em mais uma consequência da inquietação com o crescimento mundial, enquanto a cotação de ouro, considerado um valor refúgio, atingiu um novo recorde.

No Japão, o índice principal da Bolsa de Valores de Tóquio, o Nikkei, encerrou o pregão de hoje com baixa de 2,51%, aos 8.719,24 pontos, enquanto o índice Topix, que agrupa todos os valores da primeira seção, caiu 2,04%, aos 751,69 pontos. Em Hong Kong, o índice Hang Seng desceu 3,08% e na Coreia do Sul, a situação é pior, com forte prejuízo de 6,22% no índice Kospi. A Austrália também voltou a fechar em baixa, com queda de 3,51%.

No contexto de muito nervosismo, o ouro continua batendo recordes. A cotação do metal em Hong Kong durante a manhã era de 1.837,50 dólares a onça. O ouro superou pela primeira vez a barreira de US$ 1.800 em 11 de agosto.

Mercado financeiro na Coreia do Sul registrou prejuízos de 6,22% nesta sexta-feira
AP
Mercado financeiro na Coreia do Sul registrou prejuízos de 6,22% nesta sexta-feira

* Com EFE e AFP