Tamanho do texto

Projeções de crescimento econômico menor da China em 2012 pesaram fortemente nas bolsas da região

selo

Os mercados da Ásia voltaram a fechar em baixa nesta segunda-feira. As previsões do Credit Suisse, de redução no PIB da China para 2012, pesaram fortemente nas bolsas da região. Não houve negociações nas Filipinas por ser feriado.

No quinto pregão seguido de queda, o índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong caiu 0,4% e terminou aos 21.599,51 pontos - o índice apresentou baixa em 12 dos últimos 13 pregões.

Na China, as bolsas fecharam em queda pelo quarto pregão seguido, devido às condições do câmbio. O índice Xangai Composto perdeu 0,8% e terminou aos 2.621,25 pontos, o pior fechamento desde 29 de setembro. O índice Shenzhen Composto caiu 1,1% e fechou aos 1.073,19 pontos.

O yuan teve ligeira desvalorização em relação ao dólar, com a demanda da moeda norte-americana por parte dos importadores anulando os ganhos advindos da redução da taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,4716 yuans para 6,4696 yuans) feita pelo Banco Central chinês. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,4781 yuans, de 6,4744 yuans do fechamento de sexta-feira - a moeda chinesa se valorizou 5,4% em relação à unidade dos EUA desde 20 de junho de 2010.

Em Taiwan, A Bolsa de Taipé encerrou o dia em baixa, na trilha das perdas registradas na maioria dos mercados asiáticos diante das incertezas sobre os problemas da dívida da Grécia. O índice Taiwan Weighted caiu 1,2% e fechou aos 8.679,15 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul baixou 0,5% e fechou aos 2.021,09 pontos, influenciado pela decisão dos ministros de Finanças da Europa de adiar uma resolução sobre a ajuda à Grécia.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 caiu para o menor patamar desde março do ano passado, aos 4.451,7 pontos, com declínio de 0,7%.

A Bolsa de Cingapura rompeu oito sessões seguidas de perdas para fechar em alta, em uma modesta e silenciosa recuperação, uma vez que investidores buscaram barganhas em blue chips após as recentes quedas. O índice Straits Times subiu 0,3% e fechou aos 3.013,60 pontos, com os positivos resultados de Wall Street, mas afetado à tarde pelas perdas nos mercados europeus.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, teve alta de 0,2% e fechou aos 3.729,12 pontos, com busca por papeis em oferta de bancos e relacionados a produtos de consumo.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, recuou 0,6% e fechou aos 1.013,09 pontos, com o mercado ainda monitorando o desenrolar da crise na Grécia e se vai receber outro resgate, embora fatores domésticos também pesassem sobre o sentimento.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, cedeu 0,3% e fechou aos 1.559,19 pontos, com papeis do setor financeiro liderando os declínios após recentes ganhos. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.