Tamanho do texto

Mercados asiáticos caem após BC dos EUA admtir crescimento contínuo, mas instável

Mercados mundiais registram ganhos mais tímidos nesta quinta-feira enquanto a sede de compra dos investidores diminui após uma sequência de dias positivos.

O preço do barril de petróleo cai abaixo de US$ 107, o dólar cai frente ao yen e sobe em relação ao euro.

As bolsas europeias operam em alta após abrirem no negativo. A britânica FTSE-100 avança 0.45% a 5,899.52 pontos, o índice alemão DAX tem 0,45% com 6,886.88. Na França, o CAC-40 sobe 0,27% a 3,461.80. Antes da abertura em Wall Street, o índice futuro Dow Jones Industrial cai 0.41% , para 12,952.10, enquanto o S&P cede 0,47% a 1,365.88.

Ásia

Mais cedo, os índices da Ásia perderam fôlego após acumular altas nos últimos dias. O desempenho das bolsas da região foi afetado pelas declarações do presidente do Federal Reserve (Banco Central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, de que o crescimento dos EUA continua, "mas de forma instável".

Os investidores entenderam que há pouca possibilidade de um novo programa de estímulo à economia norte-americana. Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul permaneceu fechada em razão de feriado.
O índice principal da Bolsa de Valores de Tóquio, o Nikkei, fechou a sessão em baixa de 15,87 pontos (0,16%), aos 9.707,37 pontos.

O Hang Seng, de Hong Kong, perdeu 292,12 pontos, ou 1,4%, e encerrou aos 21.387,96 pontos.
A Bolsa de Xangai, na China, encerrou estável. O pequeno aumento na atividade manufatureira do país não conseguiu aumentar a confiança dos investidores. O índice Xangai Composto caiu apenas 0,1% e terminou aos 2.426,11 pontos. Por sua vez, o índice Shenzhen Composto ganhou 0,4% e terminou aos 960,74 pontos.

O yuan caiu ante o dólar depois de o banco central desvalorizar o câmbio via taxa diária de referência. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3002 yuans, de 6,2936 yuans ontem. A taxa de paridade central dólar-yuan foi fixada em 6,3016 yuans, de 6,2919 yuans na véspera.

Já a Bolsa de Sydney, na Austrália, atingiu a maior baixa em sete dias, após o recuo de ações estrangeiras e de commodities, influenciadas pelas declarações do Fed sobre o crescimento instável dos EUA. O índice S&P/ASX 200 retrocedeu 1% e terminou aos 4.255,55 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.