Tamanho do texto

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul fechou com a maior pontuação das últimas seis semanas

Um feriado deixou fechados os mercados financeiros da China, de Hong Kong e de Taiwan nesta quarta-feira. Nas demais bolsas da Ásia, os pregões fecharam em alta, seguindo a tendência observada na terça-feira na Europa e nos EUA.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul fechou com a maior pontuação das últimas seis semanas, encerrando aos 1.705,33 pontos, depois de subir 0,9%, ante a diminuição das preocupações com a crise europeia.

A Bolsa de Valores de Tóquio fechou em alta nesta quarta-feira, e seu principal índice, o Nikkei, ganhou 179,26 pontos (1,81%), até 10.067,15. O índice Topix, que reúne todos os valores da primeira seção, subiu 13,55 pontos (1,54%), até 892,38.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, foi impulsionada pelo desempenho de terça-feira das bolsas de Nova York e pelas ações das mineradoras. Os papéis reagiram positivamente às previsões do banco Macquarie, que elevou sua estimativa para o preço do minério de ferro em uma média de 13% para os próximos cinco anos, e à expectativa de que o governo australiano altere seu projeto de aumento de impostos sobre o setor. O índice S&P/ASX 200 ganhou 1,2% e fechou aos 4.559,0 pontos.

Nas Filipinas, o índice PSE da Bolsa de Manila subiu 0,8% e fechou aos 3.307,65 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve a maior alta do mês, uma vez que muitos investidores estavam motivados a assumir riscos, levando as ações a alta ao redor do mundo em meio a sinais de retomada do crescimento econômico global. O índice Straits Times ganhou 1% e fechou aos 2.846,94 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 1,0% e fechou aos 2.858,66 pontos, liderado por ações de bancos, setor automotivo e papéis relacionados a commodities; realizações de lucros por fundos locais, com o índice futuro da Dow Jones no território negativo, reduziram os ganhos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, avançou 0,8% e fechou aos 786,64 pontos, com o aumento do apetite por riscos depois da alta em Wall Street, enquanto as preocupações com a crise de débito na zona do euro diminuem aos poucos. As pesos pesados da área de energia lideraram os ganhos com a alta dos preços do petróleo.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, teve alta de 0,4% e fechou aos 1.303,13 pontos, em linha com os resultados positivos da demais bolsas asiáticas depois de Wall Street ter subido. As informações são da Dow Jones.