Tamanho do texto

A maioria dos mercados da Ásia fechou estável nesta terça-feira

selo

A maioria dos mercados da ¿?sia fechou estável nesta terça-feira. A alta em Wall Street acabou anulada pelas preocupações com a crise de débito na Grécia.

Na Bolsa de Hong Kong, os investidores mostraram cautela, que se traduziu na redução do volume dos negócios. O índice Hang Seng encerrou estável, aos 22.061,78 pontos.

Já a Bolsa de Xangai, na China, teve o sexto pregão seguido de ganhos. A alta, porém, foi próxima da estabilidade e só ocorreu devido a um rali nas empresas de metais no final da sessão. O índice Xangai Composto ganhou apenas 0,04%, ou 0,97 ponto, e terminou aos 2.759,20 pontos. Já o índice Shenzhen Composto subiu 0,3% e encerrou aos 1.151,99 pontos.

O yuan se valorizou em relação ao dólar, após o Banco Central chinês reduzir a taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,4750 yuans para 6,4723 yuans), refletindo o enfraquecimento da moeda norte-americana nos mercados globais. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,4704 yuans, de 6,4772 yuans segunda-feira - a moeda chinesa se valorizou 5,5% em relação à unidade dos EUA desde junho de 2010.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou o dia em baixa, com os investidores permanecendo à margem dos negócios diante das persistentes preocupações sobre a dívida grega. O índice Taiwan Weighted recuou 0,25% e terminou aos 8.478,86 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul virou para baixo pouco antes do fechamento e teve perda de 0,36%, encerrando aos 2.062,91 pontos.

O índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney, na Austrália, avançou 0,28% e fechou aos 4.474,3 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, encerrou praticamente estável, com os investidores continuando cautelosos na ausência de novidades. O índice PSE subiu apenas 0,02% e terminou aos 4.289,99 pontos.

A Bolsa de Cingapura terminou estável após forte abertura, tendo oscilado entre os terrenos positivo e negativo uma vez que os mercados mantiveram-se cautelosos ante a votação do pacote de austeridade da Grécia. O índice Straits Times subiu 0,1% e fechou aos 3.050,79 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 0,4% e fechou aos 3.830,27 pontos, com compras por investidores estrangeiros de papéis de companhias ligadas a produtos de consumo na expectativa de robustos resultados no primeiro semestre dando suporte ao mercado.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, ganhou 0,3% e fechou aos 1.013,50 pontos, com o sentimento em alta em meio ao otimismo quanto a uma solução para a crise da dívida grega pelas autoridades da zona do euro.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, avançou 0,5% e fechou aos 1.570,02 pontos, com destaque para os papéis de bancos, que impulsionaram o índice após um início fraco. As informações são da Dow Jones

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.