Tamanho do texto

Após a baixa registrada na véspera, mercados da região se recuperam e têm valorização acentuada

selo

Após a baixa registrada na véspera, as bolsas da Ásia se recuperaram e fecharam em alta acentuada. Os investidores seguiram os números positivos de Wall Street, mas principalmente os dados preliminares de agosto sobre a produção manufatureira da China, que estimularam os ganhos nos mercados da região.

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong, onde o índice Hang Seng subiu 388,66 pontos, ou 2%, e encerrou aos 19.875,53 pontos.

Na China, as Bolsas encerraram cinco pregões seguidos de perdas, após fortes indicadores sobre a produção manufatureira reduzirem os temores de que a economia doméstica irá encarar uma aterrissagem abrupta. O índice Xangai Composto subiu 1,5% e terminou aos 2.554,02 pontos. O indice Shenzhen Composto ganhou 1,8% e encerrou aos 1.144,05 pontos.

O yuan se valorizou em relação ao dólar, após o Banco Central chinês reduzir a taxa de paridade central dólar-yuan (de 6,3997 yuans para 6,3987 yuans), com pouco impacto referente à divulgação do PMI. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,3970 yuans, de 6,4013 yuans ontem - a moeda chinesa se valorizou 6,7% desde junho de 2010 em relação à unidade dos EUA.

Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, disparou 3,25%, com ganhos no setor financeiro e em ações de peso pesados. O índice Taiwan Weighted fechou aos 7.550,23 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul encerrou em forte alta, impulsionada pelos ganhos em empresas exportadoras. O índice Kospi avançou 3,86% pontos e fechou aos 1.776,68 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, também fechou em alta. O índice S&P/ASX 200 avançou 2,23% e terminou aos 4.173,40 pontos.

Nas Filipinas, a Bolsa de Manila fechou em alta. O índice PSE avançou 1,96% e encerrou aos 4.375,39 pontos.

A Bolsa de Cingapura recuperou-se após cinco sessões de baixa, acompanhando os demais mercados regionais. O índice Straits Times subiu 1,22% e fechou aos 2.765,15 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, ganhou 1,1% e fechou aos 3.880,46 pontos, apoiado pelos ganhos na maioria dos mercados asiáticos e pela alta do índice Dow Jones futuro.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, recuou 1% e fechou aos 1.057,28 pontos, quarta sessão seguida de perdas, com os principais bancos liderando a queda. Investidores estão na expectativa da fala de Ben Bernanke (Fed), sexta-feira.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,7% e fechou aos 1.482,37 pontos, acompanhando os demais mercados regionais. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.