Tamanho do texto

Preocupações com o futuro da zona do euro derrubam a bolsa japonesa

selo

A Bolsa de Tóquio fechou em queda, uma vez que as principais exportadoras, como Toyota e Kyocera, foram atingidas pelas preocupações com o euro enfraquecido e com os problemas da dívida da Grécia, antes da pesquisa trimestral tankan de sentimentos dos negócios, que é acompanhada de perto e que será divulgada na próxima quinta-feira. O índice Nikkei 225 caiu 100,40 pontos, ou 1%, e fechou aos 9.578,31 pontos.

O mercado abriu em forte baixa e ficou no vermelho por toda a sessão, já que a queda das bolsas de Nova York na sexta-feira e a disseminação das preocupações com a dívida europeia voltaram a deprimir a cotação do euro diante do iene. "A neblina (na Europa) não se dissipou ainda e o sentimento do mercado continua a ser apático em relação à economia global, incluindo os EUA e a China", disse Hisatsune Kobayashi, gerente-geral da SMBC Nikko Securities.

A crise grega deve continuar no centro do palco nesta semana, segundo a analista Yumi Nishimura, da Daiwa Securities. Os investidores estarão de olho no resultado na votação do parlamento grego do pacote de austeridade oferecido em troca do novo empréstimo, negociado com a União Europeia e o FMI no final da semana passada.

Os números da atividade industrial que o Instituto para Gestão da Oferta (ISM, na sigla em inglês) dos EUA divulga na sexta-feira devem servir como o próximo incentivo para compra ou venda de ações japonesas, acrescentou a analista. As informações são da Dow Jones

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.