Tamanho do texto

Bens dos ex-administradores tornam-se indisponíveis

O Banco Central (BC) decretou a liquidação extrajudicial da Cooperativa de Crédito Rural de Rio Bonito Ltda, com sede em Rio Bonito, no Rio de Janeiro. A decisão foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União (DOU).

O motivo para a liquidação, segundo ato assinado pelo presidente do BC, Alexandre Tombini, foi o comprometimento patrimonial e financeiro da instituição. Sergio Luiz Borges de Azevedo foi nomeado como liquidante.

Em decorrência da liquidação, tornaram-se indisponíveis os bens dos ex-administradores da cooperativa Edesio Martins Filho, Euclides Tarre de Oliveira, Luiz Santiago Borges, Marco Aurélio dos Santos e Mário Campos da Silveira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.