Tamanho do texto

Pagamento encerrará processo aberto por grupo de investidores que perderam dinheiro com títulos garantidos por hipotecas

selo

O Bank of America Corp. (BofA) confirmou planos para pagar US$ 8,5 bilhões (aproximadamente R$ 13,45 bilhões) para encerrar um processo aberto por um grupo de investidores que perderam dinheiro com compras de títulos garantidos por créditos hipotecários antes do setor imobiliário dos EUA entrar em colapso.

O banco também revelou uma provisão de US$ 5,5 bilhões no segundo trimestre relacionada à sua exposição às empresas estatais de financiamento imobiliário Fannie Mae e Freddie Mac, entre outras coisas.

O banco também prevê registrar US$ 6,4 bilhões em outros encargos relacionados a hipotecas no segundo trimestre, incluindo US$ 2,6 bilhões em baixa contábil do ágio derivado da expectativa de rentabilidade futura (goodwill) lançado no balanço da divisão de serviços imobiliários para o consumidor.

O pagamento do processo encerra uma disputa de 9 meses com um grupo de 22 de investidores que detêm mais de US$ 56 bilhões em títulos garantidos por créditos hipotecários, incluindo o gestor de recursos BlackRock, a seguradora MetLife e o Federal Reserve Bank of New York.

O acordo é o maior já feito por uma empresa de serviços financeiros até hoje, excedendo o lucro total do banco de Charlotte, desde o início da crise financeira em 2008, reportou o Wall Street Journal ontem.

"Esse é mais um passo importante que estamos tomando no interesse de nossos acionistas para minimizar o impacto da incerteza econômica futura e deixar questões patrimoniais para trás", afirmou o executivo-chefe do BofA, Brian Moynihan.

"Vamos continuar a agir de forma agressiva, e no melhor interesse de nossos acionistas, para liquidar as questões de hipotecas em grande parte decorrentes da nossa compra da Countrywide", acrescentou.

Excluindo hipotecas e outros itens, o Bank of America prevê um lucro de US$ 0,28 a US$ 0,33 por ação no segundo trimestre. Os analistas ouvidos pela Thomson Reuters projetam um lucro de US$ 0,28 por ação. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.