Tamanho do texto

Base monetária também mostrou menor crescimento, segundo dados do banco central da China

Os bancos chineses emprestaram menos dinheiro em maio. Segundo dados do banco central da China, foram gerados 551,6 bilhões de yuans (US$ 85 bilhões) em empréstimos no mês passado, depois dos 739,6 bilhões de yuans em abril, uma queda de 25% e abaixo dos 650 bilhões de yuans previstos.

A base monetária também mostrou menor crescimento. O M2 (papel moeda em poder do público, depósitos à vista e depósitos a prazo) teve crescimento de 15,1% em maio, no comparativo anual, seguindo elevação de 15,3% em abril.

A agência de notícias Xinhua reportou que o aumento verificado no mês passado foi o menor desde novembro de 2008. Os dados sugerem menor crescimento da atividade.

E um quadro completo da economia chinesa em maio será formado ainda esta semana com a divulgação da inflação no atacado e varejo, vendas no comércio e produção industrial. Esses dados estão previstos para a noite de hoje.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.