Tamanho do texto

Contribuição das ações da empresa é a maior desde 1991 de acordo com levantamento feito pelo banco

selo

As ações de uma única empresa, a Apple, responderam por cerca de 15% do desempenho do S&P 500 no acumulado deste ano até ontem, uma contribuição de 4 vezes o seu peso no índice, revela o Barclays, em nota enviada ontem a clientes. As ações da Apple têm alta de perto de 50% no acumulado deste ano, enquanto o S&P 500 subiu ao redor de 12% do início do ano até hoje.

Leia também:
Apple anuncia pagamento de dividendos e recompra de ações
Melhor ter ações da Apple do que uma casa própria, diz analista

As ações da Apple ultrapassaram os US$ 600 por ação pela primeira vez este ano , impulsionada pelo lançamento do iPad3 . De acordo com o banco, ocorre mais vezes de uma única ação dar uma contribuição fora do comum à bolsa durante um rali, de até 10%, mas uma contribuição de mais de 10% é mesmo frequente.

"Seguindo adiante no segundo trimestre e além, quem irá carregar o peso?", questionam os economistas do banco. A contribuição de 15% da Apple é a maior desde 1991, de acordo com levantamento feito pelo banco. Às 11h(de Brasília), as ações da Apple operavam em leve queda, de 0,60%, a US$ 606,21 por ação, mas acumulam alta de 1,85% nos últimos cinco pregões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.