Tamanho do texto

Mercados financeiros europeus oscilam nesta sexta-feira, após abertura em baixa

Após uma quinta-feira de grande volatilidade no mercado financeiro, as principais bolsas da Europa abriram suas operações desta sexta-feira em queda devido aos temores de um enfraquecimento da economia global e de um rebaixamento da nota de países europeus, mas se recuperaram horas depois.

Na Inglaterra, o principal índice da Bolsa de Valores de Londres, o FTSE-100, iniciou a sessão com perda de 0,79%, aos 5.121,596 pontos. Por volta das 6h20, o índice se inverteu e operava com alta de 1,22%. O mesmo pode ser observado na Alemanha e também na Itália. Após abrir o pregão em queda de 0,63%, o DAX-30, de Frankfurt, registrava ganhos de 2,01%. Já o FTSE-MIB, principal índice da Bolsa de Valores de Milão, operava em alta de 2% depois de abrir em queda de 0,64%, aos 15.180,06 pontos.

Na França e Espanha, os indicadores operavam  em queda, mas recuperaram as perdas um pouco depois dos países vizinhos. O CAC-40, de Paris, iniciou a sessão de hoje com alta de 0,17%, chegou a registrar recuo de 0,35%, mas se recuperou e agora opera em alta de 1,44%. Em Madri, o Ibex-35, abriu o pregão em baixa de 1,41%, aos 8.135 pontos, e neste momento, opera com ganhos de 1,46%.

Bolsas asiáticas

As bolsas da Ásia e Oceania encerraram suas operações nesta quinta-feira sem um sinal definido. No Japão, o principal índice da Bolsa de Tóquio, o Nikkei 225, iniciou o pregão em alta de 0,74%, mas fechou com queda de 0,20%. O índice Topix, que agrupa todos os valores da primeira seção, desceu 0,35%, aos 768,19 pontos. Na Coreia do Sul, o mercado financeiro também operou em queda, com recuo de 1,33% para o Kospi Index.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng abriu em alta de 1,84%, sofreu um recuo e fechou com ganhos de 0,13%, aos 19.620,00 pontos.  Na China, o índice Xangai Composto operava em alta de 0,45% e o Shenzhen Composto ganhou 1,03%.