Tamanho do texto

Ideia é ter tarifa sobre as transações financeiras, caso país decida participar de plano contra crises sistêmicas na zona do euro

A Alemanha é favorável à criação de um imposto sobre os mercados financeiros para reduzir os custos relacionados à contenção da crise de confiança nas dívidas soberanas da zona do euro. A afirmação foi feita hoje pela chanceler do país, Angela Merkel, após uma reunião com o chanceler da Áustria, Werner Faymann, em Berlim.

Os partidos de centro-direita da Alemanha defendem a introdução de uma tarifa sobre as transações ou atividades financeiras, caso a câmara baixa do parlamento alemão aprove a participação da Alemanha num plano de quase US$ 1 trilhão contra crises sistêmicas na zona do euro. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.