Tamanho do texto

Executivo alemão diz que agência de risco privada europeia poderia iniciar operações já na metade deste ano

Os planos de lançar uma agência de risco europeia para competir com a S&P, Moody's e Fitch estão em um estágio avançado e uma nova instituição privada poderia iniciar operações já na metade deste ano, disse o executivo alemão Roland Berger a um jornal italiano.

O fundador da consultoria Roland Berger disse esperar que uma nova empresa privada, uma organização sem fins lucrativos com o formato de uma fundação, poderia estar pronta "na primeira metade ou nos primeiros nove meses do ano", de acordo com reportagem publicada neste sábado no jornal Corriere della Sera.

Leia : Presidente português critica agências de rating

Berger, que tem feito lobby junto aos governos europeus e empresas para conseguir apoio e financiamento para o projeto, espera levantar 300 milhões de euros em capital com investidores nesse prazo, disse o jornal.

"O modelo proposto é de uma agência onde o serviço é pago pelos clientes, que tem um interesse em ter resultados confiáveis e objetivos", disse.

Políticos europeus criticaram as agências Standard & Poor's, Moody's e Fitch durante a crise de dívida na zona do euro, dizendo que elas foram rápidas demais em rebaixar as notas de classificação de risco dos endividados Estados europeus, apesar de eles terem realizado planos de reestruturação de dívida e programas de austeridade econômica.

Veja : Sarkozy afirma que política não será ditada por agências

Mais cedo neste mês, a S&P rebaixou a classificação de risco de nove países da zona do euro, tirando o prestigiado triplo A de países como França e Áustria, mas mantendo a nota para a capitalizada e boa pagadora Alemanha.

O plano de Berger para a nova agência, que seria sediada na Holanda, recebeu sinais de apoio da Comissão Europeia e de governos da Europa, e também da China e de alguns países árabes, disse o jornal.

Mais : S&P rebaixa rating do fundo de resgate europeu

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas