Tamanho do texto

Banco é o maior em volume de ativos dos EUA e exposição aos riscos da economia americana motivam a desvalorização

selo

As ações do Bank of America (BofA) despencaram quase 15% nesta segunda-feira e às 13h15 (de Brasília) operavam em queda de 14,81%, a US$ 6,96, nível no qual o papel não fecha desde março de 2009. No mês, as ações acumulam queda de 28% e no ano o declínio chega a 48%.

A AIG está processando o BofA, pedindo US$ 10 bilhões, devido a perdas com títulos lastreados em hipotecas. Além disso, a seguradora planeja se opor a um plano de US$ 8,5 bilhões que o banco pretende fechar com os investidores desse tipo de bônus.

Separadamente, a CNBC noticiou que o gestor de fundos de hedge David Tepper vendeu todas as suas ações do BofA, que é o maior banco dos EUA em termos de ativo e está muito exposto à frágil economia americana. As informações são da Dow Jones.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.