Tamanho do texto

Lançamento do novo iPad impulsiona ações da marca que ultrapassaram os US$ 500 há apenas um mês

As ações do gigante tecnológico Apple abriram nesta quinta-feira em bolsa com sólidos lucros, superando os US$ 600 pela primeira vez na história, o que ocorre apenas um mês depois de os títulos da companhia ultrapassarem os US$ 500. Minutos depois do início do pregão no nova-iorquino de mercado Nasdaq - onde estão cotadas algumas das maiores empresas tecnológicas do mundo -, os títulos do criador do iPad chegaram a subir ao redor de 1,7%, superando a simbólica barreira dos US$ 600 por ação.

Leia também: Novo iPad chega a 10 países hoje e fãs formam filas

Após alcançar esse nível, a Apple moderou ligeiramente a alta e meia-hora depois do início das negociações subia 1,27%, com as ações em US$ 597,07. Desta forma, os títulos da empresa dirigida por Tim Cook se valorizaram 47,1% no ano de 2012. Nos 12 meses, a alta foi de 72,53%.

O gigante do Vale do Silício arrebata o posto de empresa mais valiosa do mundo com valor de mercado que supera os US$ 550 bilhões, bem acima dos 400 bilhões da segunda melhor colocada no ranking das abastadas, a companhia petrolífera Exxon Mobil.

A forte alta na bolsa da Apple ocorre poucos dias após apresentação da nova versão do iPad , tablet com tela Retina Display de alta resolução, processador quad-core, conexão de alta velocidade 4G e assistente de voz. A companhia com sede em Cupertino (Califórnia) anunciou em janeiro que fechou o primeiro trimestre do exercício fiscal com lucro líquido recorde de US$ 13,064 bilhões, 117,5% mais do que no mesmo período do ano anterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.