Tamanho do texto

Ação da Copel recua com frustração sobre dividendos

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da companhia paranaense de energia Copel recuavam nesta quinta-feira em meio à frustração do mercado com a divulgação de resultados de segundo trimestre, que não trouxe perspectiva de potenciais dividendos a serem distribuídos diante da sólida posição de caixa da empresa.

Às 13h37, as ações da Copel recuavam 1,22 por cento, a 35,76 reais, enquanto o Ibovespa disparava 3 por cento.

Na noite de quarta-feira, a companhia paranaense que atua nos segmentos de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica, divulgou lucro líquido abaixo do esperado pela média do mercado. A companhia teve ganho de 257,5 milhões de reais no segundo trimestre do ano ante a estimativa média de analistas consultados pela Reuters de 309 milhões de reais.

"Além dos resultados operacionais que não inspiraram, acreditamos que havia uma expectativa do mercado por um potencial anúncio de dividendos, que não ocorreu", afirmaram analistas da Itaú BBA em relatório.

Nesta quinta-feira, as ações da paulista Eletropaulo também mostravam fraqueza, depois que a companhia revisou a política de distribuição de dividendos para o nível de 50 por cento do lucro líquido do primeiro semestre, ante expectativa do mercado de 100 por cento.

Apesar do lucro abaixo do esperado, a Copel apresentou alta em todos os componentes de sua receita no segundo trimestre e no primeiro semestre de 2011.

A receita operacional líquida subiu 13,5 por cento na comparação anual, para 1,842 bilhão de reais. O desempenho, dentro das projeções dos analistas, foi em parte influenciado pelo crescimento do consumo do mercado cativo e fim do desconto nas tarifas de energia elétrica.

A companhia encerrou o primeiro semestre com um caixa de 2,21 bilhões de reais.

(Por Anna Flávia Rochas)

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.