Tamanho do texto

Banco planejava abrir capital na bolsa de valores para buscar capitalização para atividades no ramo de seguros

Miriam Belchior, presidente a Caixa, ao lado de Joaquim Levy, ministro da Fazenda
Alan Sampaio / iG Brasília
Miriam Belchior, presidente a Caixa, ao lado de Joaquim Levy, ministro da Fazenda

A Caixa Econômica Federal divulgou nota nesta quinta-feira (1º) informando que não vai abrir o capital da Caixa Seguridade, braço de seguros do banco. O governo federal avaliava fazer a oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da empresa como uma maneira de reduzir o déficit orçamentário. O mercado estimava que a oferta chegaria a R$ 10 bilhões.

"A Caixa informa que, considerando o momento atual do mercado, decidiu adiar o lançamento da oferta pública inicial de ações de sua subsidiária integral CAIXA Seguridade Participações S.A.", informou o banco estatal.

Em 25 de agosto, a Caixa Seguridade encaminhou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) prospecto preliminar para um IPO de ações em distribuição secundária em que a Caixa venderia parte de sua participação na empresa.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.