Tamanho do texto

Dólar encerrou último pregão de 2014 em queda: R$ 2,658

Agência Brasil

Dólar sobe 13% em 2014 e fecha a R$ 2,66
Reuters/Eric Thayer
Dólar sobe 13% em 2014 e fecha a R$ 2,66

O Banco Central (BC) decidiu estender até 31 de março o programa de leilões de swap e venda de dólares implementado desde agosto de 2013. A operação ajuda a conter a alta da moeda norte-americana. Segundo o BC, o objetivo é continuar garantindo hedge (proteção) cambial e liquidez ao mercado.

LEIA TAMBÉM:  Dólar sobe 13% em 2014 e fecha a R$ 2,66

Na terça-feira (30), o dólar encerrou o último pregão de 2014 em queda, cotado a R$ 2,658. Este ano, ultrapassou a barreira dos R$ 2,70 algumas vezes. O BC informou que haverá leilões de swap de segunda a sexta-feira, com oferta de US$ 100 milhões diários a partir de 2 de janeiro. Houve redução no volume ofertado, que era de US$ 200 milhões diários.

Os leilões de venda com compromisso de recompra serão feitos em razão das condições de liquidez do mercado de câmbio. A autoridade monetária informou, ainda, que “sempre que julgar necessário, o Banco Central poderá realizar operações adicionais de venda de dólares através dos instrumentos ao seu alcance”.