Tamanho do texto

Medo do mercado é que o banco central norte-americano suba os juros nesta semana, ou seja, antes do esperado

Reuters

O dólar fechou em alta ante o real nesta segunda-feira (15), em linha com outros mercados de câmbio mundiais, com investidores se antecipando à possibilidade de que o Federal Reserve (Fed), banco central dos EUA, sinalize nesta semana que os juros norte-americano podem subir mais cedo do que o esperado.

Investidores trabalham com a possibilidade de o BC atuar no câmbio
Carlos Severo/Fotos Públicas
Investidores trabalham com a possibilidade de o BC atuar no câmbio

A divisa norte-americana chegou a ser negociada acima de R$ 2,35 durante a sessão, mas não se sustentou acima deste patamar. Investidores trabalham com a possibilidade de o Banco Central (BC) brasileiro aumentar a atuação no mercado de câmbio para conter a volatilidade do dólar, que na sexta-feira (12) fechou com a maior alta em quase dez meses.

A divisa dos Estados Unidos subiu 0,38%, a R$ 2,3439 na venda, após marcar na semana passada a mais forte valorização semanal em um ano ante o real.

Na máxima desta sessão, o dólar chegou a R$ 2,3513 e, na mínima, a R$ 2,3295. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de US$ 1,6 bilhão..

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.