Tamanho do texto

O índice japonês Nikkei subiu 0,3%

Reuters

Homem passa em frente ao painel com as ações negociadas na Bolsa de Tóquio
Reuters
Homem passa em frente ao painel com as ações negociadas na Bolsa de Tóquio

As ações asiáticas subiram nesta quinta-feira (26) uma vez que o fraco crescimento nos Estados Unidos aparentemente adiou ainda mais o dia no qual as taxas de juros podem subir, levando investidores a colocar recursos em ativos com mais risco em uma busca desesperada por retornos.

Às 7h44 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 1,12%. O índice japonês Nikkei subiu 0,3%, e a bolsa australiana teve alta de mais de 1%.

O índice de Hong Kong teve seu melhor dia em um mês e meio, subindo 1,45%, com investidores otimistas com a perspectiva de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, manterá os juros baixos por mais tempo, o que encorajou os investidores em ações.

Os mercados conseguiram dar uma interpretação positiva aos dados que mostraram que a economia norte-americana encolheu a uma taxa anualizada de 2,9% no primeiro trimestre, pior do que as estimativas já pessimistas.

Analistas enfatizaram que a fraqueza se deveu em grande parte a fatores não recorrentes e é provável seja vista uma recuperação substancial neste trimestre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.