Tamanho do texto

Moeda teve queda de 1% após prorrogação de intervenções e fraqueza registrada na economia americana

O dólar fechou em queda de quase 1% nesta quarta-feira (25), após as intervenções no câmbio pelo Banco Central serem prorrogadas sem alterações até o fim do ano e diante da forte contração da economia dos Estados Unidos no primeiro trimestre.

Leia também: Pesquisa para compra de dólar pode render economia de até 5,16%

A decisão do BC surpreendeu o mercado e deu segurança aos agentes sobre a determinação do BC em manter a divisa nos níveis atuais e evitar a volatilidade desnecessária. Até então havia expectativa de que intervenções seriam reduzidas em meio à tranquilidade nos mercados globais.

A moeda dos EUA caiu 0,93%, a R$ 2,206 na venda, após atingir R$ 2,200 na mínima da sessão. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de US$ 1,4 bilhão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.