Tamanho do texto

Recuo ocorreu após EUA revisarem para baixo estimativa de crescimento

Fed, de Janet Yellen, reviu para baixo estimativa de crescimento da economia  em 2014
AP
Fed, de Janet Yellen, reviu para baixo estimativa de crescimento da economia em 2014

O dólar fechou em queda de mais de 1% nesta quarta-feira (18), anulando todo o avanço desta semana e voltando abaixo de R$ 2,25, após o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, revisar para baixo a previsão de crescimento deste ano.

A divisa dos EUA recuou 1,20%, a R$ 2,23 na venda, após chegar a R$ 2,2286 na mínima do dia. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de US$ 1,6 bilhão.

A decisão do Fed aliviou temores de que poderia ser adotado um tom menos expansionista diante do resultado acima do esperado dos preços ao consumidor norte-americano, que levou a moeda norte-americana a avançar fortemente na véspera ante o real.

"O comunicado do Fed não foi tão explosivo e trouxe algum alívio. O dólar corrigiu o movimento de ontem, que foi exacerbado porque os negócios estavam um pouco travados", afirmou o economista-chefe da corretora BGC Liquidez, Alfredo Barbutti, referindo-se à duração reduzida do pregão da véspera em função do jogo da seleção brasileira contra o México pela Copa do Mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.