Tamanho do texto

Seguindo os passos de uma queda nas ações norte-americanas, o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caiu 0,49%

Reuters

Mulher observa indicador eletrônico das ações negociadas na Bolsa de Tóquio
Associated Press
Mulher observa indicador eletrônico das ações negociadas na Bolsa de Tóquio

As ações asiáticas recuaram nesta sexta-feira (13) à medida que uma escalada da guerra civil no Iraque enfraqueceu o apetite por risco, que estava em alta há poucos dias.

Militantes islâmicos sunitas avançaram mais rumo a Bagdá, levando o presidente norte-americano Barack Obama a fazer um alerta sobre uma possível intervenção militar dos Estados Unidos, enquanto que forças curdas iraquianas assumiram o controle do centro petroleiro de Kirkuk em meio ao caos.

Seguindo os passos de uma queda nas ações norte-americanas, o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,49% às 7h52. O índice, que atingiu máxima de três anos na segunda-feira, ainda estava posicionado para subir cerca de 0,4% na semana.

O índice Nikkei contrariou a tendência e subiu 0,83%.

A reação aos dados de produção industrial e de vendas no varejo da China, que cresceram em linha com estimativas mas não foram firmes o bastante para mostrar que a segunda maior economia do mundo está em recuperação ampla e firme, foi nula.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.