Tamanho do texto

Negociação envolve a compra da CBR, que detém terrenos na zona leste de São Paulo

Reuters

Jorge Hereda preside a Caixa Econômica Federal
Fernando Neves/Futura Press
Jorge Hereda preside a Caixa Econômica Federal

Um fundo da Caixa Econômica Federal, banco presidido por Jorge Hereda, apresentou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) proposta de compra de uma empresa da Cyrela que detém participação de 80% em terrenos na zona norte de São Paulo.

Segundo documento submetido pelas empresas ao Cade e divulgado em seção especial do Diário Oficial na véspera, a operação envolve a compra da CBR, sociedade constituída pela Cyrela em setembro do ano passado, pelo FIP Caixa Cyrela, no qual a Caixa detém fatia de 40%.

A CBR possui participação de 80% em terrenos contínuos no Tatuapé, na zona leste da capital paulista. No local será construído um empreendimento com duas torres residenciais, com lançamento previsto para julho deste ano e finalização em outubro de 2017, disseram as empresas.

As partes não divulgaram publicamente o valor da transação, mas acrescentaram que, após a aprovação do negócio, "desenvolverão a incorporação imobiliária do empreendimento" por meio de contrato.

Tanto Cyrela quanto Caixa não comentaram o assunto de imediato.

A Cyrela, que é a terceira maior acionista do fundo da Caixa com fatia de 5%, detém os 20% restantes da CBR por meio de outro veículo imobiliário.

Em seu site, a Caixa afirma que o FIP Caixa Cyrela tem como objetivo a aquisição de terrenos em conjunto com a Cyrela, com os ativos sendo permutados posteriormente com a construtora e incorporadora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.