Tamanho do texto

Valor representa um crescimento de 19,2% em relação ao resultado do ano anterior


Caixa Econômica Federal lucrou R$ 6,7 bilhões no ano passado
Brasil Econômico/Marcela Beltrão
Caixa Econômica Federal lucrou R$ 6,7 bilhões no ano passado

A Caixa Econômica Federal registrou lucro líquido de R$ 6,7 bilhões em 2013, segundo divulgou a instituição na manhã desta quarta-feira (26). O resultado representa um crescimento de 19,2% em relação ao resultado ajustado do ano imediatamente anterior. 

De acordo com a empresa, a alta no lucro é decorrente de uma mudança de prática contábil relativa ao tratamento do saldo das contas de depósitos encerradas por irregularidades cadastrais (CPF/CNPJ irregulares. No quarto trimestre, o resultado foi de R$ 1,7 bilhão, aumento de 9,9% em relação ao mesmo período de 2012.

A Caixa afirma que o resultado trimestral aconteceu, principalmente, por conta do aumento das receitas financeiras de crédito em 35,2%, reflexo do crescimento de 36,8% da carteira, do crescimento do resultado de TVM e derivativos em 10,4% e do incremento nas receitas de prestação de serviços em 14,5%, que, por sua vez, foi influenciado pelo aumento do volume de negócios com clientes.

O patrimônio líquido da entidade aumentou em 13,8% em 2013 e atingiu R$ 27,4 bilhões. Os ativos totais administrados alcançaram R$ 1,5 trilhão, sendo que R$ 858,3 bilhões representavam os ativos próprios da instituição, resultando em uma expansão de 22,1% em 12 meses.

Já a carteira de crédito ampliada da empresa atingiu um saldo de R$ 494,2 bilhões, com um crescimento de 36,8% em 2013, chegando a participar de 18,1% do mercado. A contratação de crédito acumulada somou R$ 406,9 bilhões no ano, valor 29,8% maior que o registrado em 2012.

O destaque foi o crédito habitacional, cujas contratações atingiram o valor de recorde de R$ 134,9 bilhões no ano, superior a 2012 em 26,4%, permitindo que a CAIXA se mantivesse na liderança do mercado, com 68,5% de participação e saldo de R$ 270,4 bilhões, que evoluiu 31,4% em relação a dezembro de 2012.

Também merece destaque o crescimento da carteira de operações de crédito a infraestrutura, que atingiu R$ 37,1 bilhões e é o segmento que mais cresce na CAIXA, com uma evolução de 55,2% no ano, e um volume de contratações de R$ 29,7 bilhões em 2013.

Em relação à carteira de crédito comercial, o destaque foi o crescimento do crédito consignado de 37,4% no ano, atingindo saldo de R$ 46,1 bilhões, e um volume contratado de R$ 32,3 bilhões. A participação de mercado do crédito consignado alcançou 20,8% em dezembro de 2013, uma evolução de 1,6 ponto percentual.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.