Tamanho do texto

O índice japonês Nikkei contrariou a tendência e fechou em alta de 0,4%

Reuters

Janet Yellen, nova presidente do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos
AP
Janet Yellen, nova presidente do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos

Os mercados asiáticos fecharam, em sua maioria, em queda nesta quarta-feira (19), com investidores ainda atentos à crise na Ucrânia/Crimeia e antes da revisão de política do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, ainda nesta quarta-feira.

Às 7h33 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,19%, com um alívio trazido por uma percepção de diminuição das tensões na Ucrânia sendo substituído pela cautela devido à revisão de política do Fed.

Veja também: Economia dos EUA desacelerou em algumas regiões devido ao clima, diz Fed

O índice japonês Nikkei contrariou a tendência e fechou em alta de 0,4%.

Os mercados mundiais têm sido afetados nas últimas semanas pela crise na Ucrânia, pela desaceleração do crescimento na China e por um cenário econômico misto nos EUA que renovou especulações sobre o ritmo da redução de estímulos pelo Fed.

A expectativa é de que o Fed continue a reduzir o tamanho de seu programa mensal de compra de títulos em  US$ 10 bilhões a cada reunião, mas que também altere sua orientação futura quando apresentar o comunicado de política nesta quarta-feira, a primeira revisão de política a ser presidida por Janet Yellen, a nova chair do Fed.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.