Tamanho do texto

Investidores se mantiveram cautelosos em relação ao Fed

Reuters

Homem olha índices na bolsa de Tóquio
KIM KYUNG-HOON/REUTERS/Newscom
Homem olha índices na bolsa de Tóquio

As ações asiáticas subiram nesta terça-feira (18) e o iene permaneceu longe das altas recentes à medida que a ameaça de um conflito militar imediato na Ucrânia diminuiu, embora a cautela antes da reunião do banco central dos Estados Unidos tenha limitado os ganhos.

Veja também: Presidente da Rússia declara Crimeia 'Estado soberano e independente'

Às 7h06 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,32%. O índice japonês Nikkei encerrou o pregão em alta de 0,94%, se recuperando da mínima em seis semanas, atingida na segunda-feira.

Os Estados Unidos e a União Europeia impuseram sanções, incluindo congelamento de ativos e proibição de viagens, contra um grupo pequeno de autoridades da Rússia e da Ucrânia após o referendo do final de semana que foi favorável, com ampla margem, à Crimeia se unir à Rússia .

Por enquanto, o apetite por risco se elevou à medida que diminuiu a probabilidade de um conflito militar imediato, e os agentes de mercado voltaram suas atenções à perspectiva econômica dos Estados Unidos e à conclusão da reunião de dois dias do Federal Reserve na quarta-feira.

A expectativa é de que o Fed continue a reduzir suas compras mensais de ativos em mais US$ 10 bilhões e possa alterar sua orientação futura em seu pronunciamento .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.