Tamanho do texto

Tensões elevadas no país fizeram com que investidores buscassem sair de ativos de maior risco

Reuters

As ações asiáticas caíram ao menor nível em um mês conforme tensões elevadas na Ucrânia antes de um referendo neste final de semana fizeram com que investidores buscassem sair de ativos de maior risco.

O índice MICEX de papéis russos abriu em queda de 2,5% e às 7h25 (horário de Brasília) recuava 2,2%. A Rússia deu início a novos exercícios militares perto da fronteira com a Ucrânia na quinta-feira (13), mesmo depois que os Estados Unidos fizeram um alerta de que Moscou arriscava enfrentar sérias medidas caso o resultado de um referendo planejado para o domingo na Crimeia seja a anexação pela Rússia.

Veja também:  Salário de CEO do banco UBS sobe e chega a US$ 12,3 milhões em 2013

"Com o Ocidente fazendo alertas sobre sanções contra a Rússia caso isso aconteça, e a Rússia já explorando ações retaliatórias para tais sanções, os operadores temem que a situação possa facilmente sair do controle mais rapidamente do que eles conseguem liquidar suas posições", disse Jonathan Sudaria, operador do London Capital Group, em nota para clientes.

O índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,96%, tendo atingido o nível mais baixo desde meados de fevereiro e rumando a uma perda de mais de 3% na semana.

O índice japonês Nikkei recuou 3,3% para a mínima de um mês. Para a semana, o índice registrou queda de 6,2%, o maior recuo semanal desde junho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.