Tamanho do texto

No primeiro bimestre do ano, houve queda também em relação ao mesmo período do ano passado (3,2%)

O número de pessoas que deixaram de pagar suas dívidas caiu 1,7% em fevereiro na comparação com janeiro, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor.

-Leia também: Serasa: 36,6% dos consumidores voltaram a ficar inadimplentes em 2013

Na comparação com fevereiro do ano passado, o indicador caiu 2,3%. Este foi o 9º recuo consecutivo no mês de fevereiro. No primeiro bimestre do ano, houve queda também em relação ao mesmo período do ano passado (3,2%).

Este foi o 9º recuo consecutivo no mês de fevereiro
Thinkstock/Getty Images
Este foi o 9º recuo consecutivo no mês de fevereiro

As dívidas com os bancos caíram 3,2% e com os cheques sem fundos 10,8%. Os dois itens foram os que mais contribuíram para a queda no índice em fevereiro. Os títulos protestados caíram 16,7%.

A inadimplência não bancária (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia, fornecimento de energia elétrica e água etc.) apresentou crescimento de 2,6%.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a inflação em alta, os aumentos sucessivos das taxas de juros e o crescimento mais fraco da economia contribuem para tornar mais lenta a queda da inadimplência do consumidor.

Segundo eles, a queda de um mês, comparada à do mesmo mês do ano anterior, é menor desde outubro do ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.