Tamanho do texto

Índice FTSEurofirst 300, que reúne os papéis europeus, avançou 0,09%, para 1.271 pontos

Reuters

Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 0,13%, aos 6.457 pontos
Getty Images
Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 0,13%, aos 6.457 pontos

As ações europeias fecharam em alta nesta quarta-feira (5) após as fortes quedas das últimas duas semanas, mas preocupações com o crescimento global e as moedas de mercados emergentes deixaram investidores cautelosos.

-Leia também: ações europeias recuam por preocupações com mercados emergentes

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis europeus, avançou 0,09%, para 1.271 pontos, após acumular queda de 6% nas últimas duas semanas.

O tombo — maior recuo para o índice em sete meses — foi provocado por preocupações sobre o impacto da redução do estímulo do Federal Reserve, banco central americano, sobre mercados emergentes, além de dados fracos sobre os EUA e a manufatura chinesa.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,13%, aos 6.457 pontos.

Em FRANKFURT , o índice DAX caiu 0,13%, para 9.116 pontos.

Em PARIS , o índice CAC-40 ganhou 0,01%, para 4.117 pontos.

Em MILÃO , o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,26%, para 19.069 pontos.

Em MADRI , o índice Ibex-35 avançou 0,21%, para 9.775 pontos.

Em LISBOA , o índice PSI20 encerrou em alta de 0,22%, para 6.722 pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas