Tamanho do texto

Atualmente, games da King são jogados aproximadamente 30 bilhões de vezes ao mês

King terá de provar ao mercado que é uma companhia diferente da Zynga
Divulgação
King terá de provar ao mercado que é uma companhia diferente da Zynga

A empresa britânica King, criadora do jogo Candy Crush, bastante conhecido em uma rede social e nos smartphones, deu entrada nos documentos necessários para realizar um IPO (Oferta Pública Inicial de Ações, na sigla em inglês). Especialistas avaliam que o IPO poderá chegar a US$ 5 bilhões (R$ 11,2 bilhões).

Atualmente, os games da empresa são jogados aproximadamente 30 bilhões de vezes ao mês. Principal concorrente da empresa, a Zynga, desenvolvedora do Farmville, tem cerca de metade de usuários da King e está avaliada em US$ 2,9 bilhões (R$ 6,5 bilhões).

-Veja também: criadora do Farmville levanta US$ 1 bilhão com oferta de ações

A King tem aproximadamente 400 funcionários, uma sede operacional em Londres e escritórios em Hamburgo, Barcelona, São Francisco, Estocolmo, Malmö, Bucareste e Malta.

Uma pesquisa realizada pelo site Think Gaming estima que, atualmente, o Candy Crush arrecada US$ 850 mil (R$ 1,9 bilhão) por dia. Previsão fornecida pela própria empresa aponta que mais de 1 trilhão de docinhos já foram reunidos e que a soma do tempo jogado pelos usuários do game supera 100 mil anos.

Apesar de já ter negociado com instituições como o J.P. Morgan, Credit Suisse e Bank of America para abrir capital, a King terá de provar ao mercado que é uma companhia diferente da Zynga.