Tamanho do texto

Em maio, a participação era de 49,4%. No acumulado do ano, o estoque cresceu 12,2% e, em 12 meses, 29,3%

Agência Estado

Estoque de créditos dos bancos públicos chegou a R$ 1,272 trilhão em junho
Thinkstock/Getty Images
Estoque de créditos dos bancos públicos chegou a R$ 1,272 trilhão em junho

O estoque de crédito total (livre e direcionado) nos bancos públicos cresceu 3,5% em junho em relação a maio, informou nesta sexta-feira o Banco Central, somando R$ 1,272 trilhão. Com isso, as instituições estatais alcançaram participação de 50,3% nesse mercado. Em maio, era de 49,4%. No acumulado do ano, o estoque cresceu 12,2% e, em 12 meses, 29,3%. Nas instituições privadas nacionais, o saldo recuou 0,3% ante maio, para R$ 864 bilhões. Houve aumento de 2,1% no ano e 5,3% em 12 meses. A participação recuou de 34,9% para 34,2% entre maio e junho.

Veja também: Crédito imobiliário atinge R$ 49,6 bilhões e tem melhor semestre desde 1995

Nos estrangeiros que atuam no País, o estoque subiu 0,9% no mês, para R$ 394 bilhões. No ano, avançou 1,8% . Em 12 meses, 6,7%. A participação caiu para 15,5% em junho deste ano, ante 15,7% em maio. A inadimplência total recuou 0,1 ponto porcentual nos estatais, para 1,9%, na comparação com o mês anterior.

Nos bancos privados nacionais, caiu 0,2 ponto, para 4,8%. Nos estrangeiros caiu 0,3 ponto, para 5,2%. No semestre, houve alta de 0,1 pp nos bancos públicos e queda de 0,5 pp e 0,4 pp, nos privados nacionais e estrangeiros, respectivamente. As provisões recuaram 0,1pp nos públicos no mês, 0,5pp nos nacionais privados e 0,1pp nos estrangeiros.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.