Tamanho do texto

O índice japonês Nikkei fechou em baixa de 1,14%, a 14.562 pontos, continuando a encontrar resistência antes da marca dos 15.000 pontos

Reuters

Índice japonês Nikkei fechou em baixa de 1,14%
Getty Images
Índice japonês Nikkei fechou em baixa de 1,14%

As ações asiáticas recuaram das máximas em sete semanas nesta quinta-feira (25), depois que Wall Street caiu sob a pressão do embolso de lucros, e à medida que os investidores ficaram de fora com a temporada de resultados corporativos se agitando.

Às 8h16 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,42%, após ter registrado máxima de fechamento em sete semanas no dia anterior.

Veja também: Primeiro-ministro do Japão planeja se concentrar em tirar país da deflação

O índice japonês Nikkei fechou em baixa de 1,14%, a 14.562 pontos, continuando a encontrar resistência antes da marca dos 15.000 pontos.

Os investidores também aguardavam os resultados e perspectivas de empresas importantes, antes de decidir se irão voltar ao mercado.

A temporada de resultados corporativos se iniciou nos principais centros financeiros, incluindo Japão, Europa e os Estados Unidos, mantendo os mercados sob expectativa à medida que os investidores avaliam o cenário de negócios em meio às projeções de crescimento globais desafiadoras, incluindo a desaceleração na China.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.