Tamanho do texto

Banco ofereceu cupom de 3,75% e rendimento ao investidor (yield) de 3,875%

Reuters

Segundo o diretor de finanças do BB, José Maurício Coelho, o objetivo inicial era captar € 500 milhões
Getty Images
Segundo o diretor de finanças do BB, José Maurício Coelho, o objetivo inicial era captar € 500 milhões

O Banco do Brasil anunciou nesta quinta-feira (18) que captou € 700 milhões no exterior, valendo-se de uma melhora momentânea nos mercados globais após a autoridade monetária dos Estados Unidos aliviar preocupações do mercado sobre possível redução de liquidez.

-Veja tambem: Economia dos EUA cresce a ritmo modesto a moderado, segundo Fed

O maior banco do país ofereceu cupom de 3,75% e rendimento ao investidor (yield) de 3,875% nos bônus de cinco anos. Segundo o diretor de finanças do BB, José Maurício Pereira Coelho, o objetivo inicial era captar € 500 milhões, com oferta inicial de 4% de yield, mas as condições mudaram devido à demanda.

"A fala do Bernanke acalmou os mercados", disse Coelho, referindo-se a Ben Bernanke, chairman do Federal Reserve, o banco central americano.

Nesta quinta-feira (18), Bernanke repetiu o que dissera na véspera no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados dos EUA, que espera começar a reduzir seu forte programa de compras de títulos mais à frente neste ano, mas que está aberto à opção de alterar esse plano se o cenário econômico mudar.

Com isso, o interesse dos investidores por papéis considerados de maior risco, como de companhias de países emergentes, ficou adequado para o BB levar a operação adiante.

A demanda atingiu € 2,18 bilhões, segundo o executivo, distribuídos em mais de 280 ordens. "Nos sentimos confiantes para testar esse momento", disse Coelho.

Os recursos serão mantidos no exterior e vão compor o caixa do banco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.