Tamanho do texto

A decisão, a primeira sob a presidência de Mark Carney, que assumiu a liderança do BoE na segunda-feira, veio em linha com a expectativa dos participantes dos mercados

Agência Estado

O Comitê de Política Monetária do Banco da Inglaterra (BoE) manteve a taxa básica de juros em 0,5% e o programa de compra de ativos em 375 bilhões de libras. A decisão, a primeira sob a presidência de Mark Carney, que assumiu a liderança do BoE na segunda-feira, veio em linha com a expectativa dos participantes dos mercados.

Ao contrário do que costuma fazer quando mantém a política monetária inalterada, o BoE divulgou um comunicado no qual diz haver mais sinais de que a recuperação do Reino Unido está a caminho e esperar que a taxa anual de inflação do país recue para sua meta de 2%. Em maio, a taxa anual britânica estava em 2,7%.

O BoE também respondeu às expectativas de que poderá elevar a taxa básica de juros antes do previsto. "A alta sugerida na esperada trajetória futura da taxa não era justificada pelos recentes eventos na economia doméstica", afirmou.

No comunicado, o BoE também comentou que desde a publicação de seu relatório de inflação de maio, "as taxas de juros do mercado tiveram forte alta internacionalmente e os preços de ativos têm se mostrado voláteis" e alertou que a alta das taxas pode pesar na recuperação do Reino Unido.

A ata da decisão do BoE vai ser publicada no próximo dia 17. Fonte: Dow Jones Newswire e Market News International.