Tamanho do texto

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,4%, para 1.158 pontos

Reuters

As ações europeias fecharam em queda nesta terça-feira (2) com volumes reduzidos, puxadas pela Fresenius Medical Care e pela incapacidade do principal índice acionário de ficar acima de um importante nível técnico, o que abriu a porta para mais fragilidade no curto prazo.

-Veja também: Europa fecha em alta após pesquisas sobre setor industrial da zona do euro

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,4%, para 1.158 pontos. O Euro STOXX 50 caiu 0,7%, para 2.603 pontos, após não conseguir superar a média móvel de 200 dias na sessão anterior.

Fresenius Medical Care liderou as quedas no FTSEurofirst 300, registrando recuo de 8,7%
Getty Images
Fresenius Medical Care liderou as quedas no FTSEurofirst 300, registrando recuo de 8,7%

Os dados de encomendas à indústria nos EUA acima do esperado ajudou no humor do mercado, com investidores comemorando sinais de melhora na maior economia do mundo, mas preocupados que isso represente redução no estímulo monetário pelo banco central americano.

Fresenius Medical Care liderou as quedas no FTSEurofirst 300, registrando recuo de 8,7%, após uma proposta dos Estados Unidos de cortar os desembolsos do governo para centros de diálise.

Em LONDRES , o índice Financial Times caiu 0,06%, a 6.303 pontos.

Em FRANKFURT , o índice DAX perdeu 0,92%, para 7.910 pontos.

Em PARIS , o índice CAC-40 teve queda de 0,66%, a 3.742 pontos.

Em MILÃO , o índice Ftse/Mib caiu 0,61%, para 15.365 pontos.

Em MADRI , o índice Ibex-35 perdeu 0,26%, a 7.886 pontos.

Em LISBOA , o índice PSI20 caiu 1,5%, para 5.530 pontos.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.