Tamanho do texto

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para agosto, perdeu US$ 87,80 (6,4%)

Agência Estado

Os temores de uma possível alta nas taxas de juros provocaram uma forte onda de vendas do metal
Getty Images
Os temores de uma possível alta nas taxas de juros provocaram uma forte onda de vendas do metal

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam nesta quinta-feira (20) no menor nível em mais de dois anos e meio.

- Veja também: bolsas europeias reagem negativamente a discurso de Bernanke e fecham em queda

Os temores de uma possível alta nas taxas de juros, por causa da redução de estímulos do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), provocaram a mais forte onda de vendas do metal em dois meses.

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para agosto, perdeu US$ 87,80 (6,4%), fechando a US$ 1.286,20 a onça-troy, o menor nível desde 21 de setembro de 2010.

Nesta quarta-feira (19), o presidente do Fed, Ben Bernanke, sinalizou que o banco central dos EUA pode reduzir o programa de compras mensais de bônus ainda este ano.

Para os investidores do ouro, a perspectiva de uma drenagem da liquidez dos mercados aumentou o temor com taxas de juros mais altas e inflação mais baixa, o que pesa sobre o metal. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.